21 dez de 2010
 

escrito por: em Viagens

O Arquipélago de Fernando de Noronha é formado por vinte e uma ilhas, numa extensão de 26 km², tendo uma principal – a maior de todas também chamada “Fernando de Noronha” -, como única ilha habitada. As demais estão contidas na área do Parque Nacional Marinho e são desabitadas, só podendo ser visitadas com licença oficial do IBAMA.

Programar uma viagem a Fernando de Noronha pode significar a realização de um sonho da maioria dos brasileiros. No Arquipélago, se tem a sensação de estar em uma parte do Brasil que deu certo, são 17 quilômetros quadrados à 545 km da costa, onde vive uma população de aproximadamente 3.100 habitantes e o turismo é desenvolvido de forma sustentável, criando a oportunidade do encontro equilibrado do homem com a natureza em um dos santuários ecológicos mais importantes do mundo.

As dicas deste post foram selecionadas através das minhas duas experiências em Fernando de Noronha, espero ajudar um pouco.

Quantos dias devo ficar na ilha?

05 dias e 04 noites são mais do que suficiente para aproveitar tudo o que Fernando de Noronha tem a oferecer, o custo de permanência diário na ilha é alto, as pousadas (hospedagem domesticas) variam de R$ 190,00 à R$ 280,00/dia, você também deve incluir nos custos de sua viagem a taxa de preservação ambiental (Lei nº 11.704, art. 86, itens I, II e III) no valor de R$ 38,24 /dia.

Chegando à Ilha/Passeios:

Assim que você chegar à ilha, você será presenteado com a bela imagem abaixo. Para ter essa vista do avião, é recomendado que você sente-se do lado esquerdo da aeronave (evite assentos sobre as asas).

Ao chegar à Ilha você será abordado pelas agências de viajem. Nesse momento, FIQUEM ATENTOS, serão oferecidos os passeios, pacotes inflexíveis e muitos caros, alem disso, terá que ir com inúmeras pessoas, não conseguindo aproveitar o quanto poderia.

Respire, pegue o translado até a pousada e só então comece a pesquisar e fechar seus passeios. Pegue dicas com moradores, nas pousadas, restaurantes, com pescadores na Praia do Porto.

O melhor a se fazer, é montar o seu próprio roteiro, seguem algumas dicas:


Primeiro dia:

Os vôos diários com destino a Fernando de Noronha são sempre na parte da tarde, assim que chegar à ilha você pode deixar suas malas na pousada e seguir caminhando até a Vila dos Remédios para uma caminhada histórica. Em geral, as pessoas, nem bem chegam, lançam-se ao mar, mas é possível começar por terra firme.

Na Vila dos Remédios é possível visitar a Igreja Nossa Senhora dos Remédios, Palácio de São Miguel e o Forte Nossa Senhora dos Remédios, erguido pelos holandeses por volta de 1600 e reconstruído 100 anos depois pelos portugueses. Do alto do morro onde se situa o forte, com suas ruínas de pedra restauradas e canhões centenários, pode-se apreciar uma das mais belas paisagens da ilha.


Durante a ditadura militar, por volta de 1964, Fernando de Noronha foi um presídio político. Um dos presos mais ilustres foi o ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes.

Para terminar seu primeiro passeio em Fernando de Noronha, nada como um banho de mar. No caso da Vila dos Remédios, isso acontecerá na famosa Praia do Cachorro, local reservado também para o divertimento noturno dos nativos e turistas.

Na volta pra pousada, você pode jantar na Tapiocaria que fica ao lado da Igreja Nossa Senhora dos Remédios (recomendo) e fechar seu passeio para o Segundo Dia na Ilha, recomendo realizar o Ilha Tour que tem por objetivo visitar todos os pontos turísticos da ilha. Com isso, você conseguirá se localizar melhor.

Aproveite o restinho de noite e vá assistir a uma palestra no Projeto Tamar, tome banho antes e não se afobe, as palestras tem inicio às 21h. =)

Se você tiver com dinheiro curtinho, pegue um ônibus até o Tamar por R$ 3,10, os ônibus percorrem a gigante BR-363 (apenas 7km), e leva você de Fernando até Noronha (piadinha contada por todos os guias).


Dica:
Procure se hospedar na vila dos Remédios, pois facilita seu acesso as praias urbanas, operadoras de turismo, lanchonetes e restaurantes.

—————————————

Caminhada Histórica: R$ 0,00

Megulho na Praia do Cachorro: R$ 0,00
Tapioca + Refrigerante ou Café: R$ 7,50
IlhaTour: R$ 85,00 (Cartão – poucos são os locais que aceitam HIPERCARD) | R$ 75,00 (Cash)
Palestra no Projeto Tamar: R$ 0,00
Transporte: R$ 6,20 (ida/volta – Onibus) | R$ 28,00 (ida/volta – taxi – se você estiver hospedado na Vila dos Remédios)
Compras na Lojinha do Projeto Tamar: por sua conta e risco =)

Segundo Dia:

O Ilha Tour tem inicio às 8h, com um intervalo de 1h30 para almoço (não incluso no passeio), e se encerra por volta das 18h com um por sol no mirante do Boldró, ponto de encontro dos turistas no fim de tarde.

O passeio é MUITO CANSATIVO, recomendo levar bastante protetor solar (use e abuse), água, comida, toalha, material para mergulho (snorkel e nadadeiras), câmera fotográfica e MUUUUUITA disposição!

No ilha tour você irá conhecer as principais e mais belas praias da ilha: Praia do Leão, Cacimba do Padre, Baía dos Porcos e Praia do Sancho.




Encontrar tartarugas, raias, peixes enormes, polvos e com um pouquinho de sorte tubarões é fácil.

Dica:
compre seu equipamento de mergulho (Snorkel e Nadadeiras) aqui em Recife, pois o aluguel do equipamento na ilha custa R$ 30,00/dia, e você irá precisar deles TODOS os dias.


—————————————

IlhaTour: R$ 75,00 (cash)

Almoço: R$ 30,00 (self-service sem balança, com direito a uma sobremesa)

Terceiro Dia:

Você vai acordar DESTRUIDO, e como já conhece toda ilha por terra, o ideal é aproveitar o período da manhã para curtir uma praia e descansar um pouco.

O melhor local para realização de mergulhos com Snorkel é a Praia do Porto, rica em vida marinha – tartarugas, raias, peixes diversos, cardumes de sardinhas, naufrágios e até golfinhos.


Vale lembrar que na Ilha é proibido mergulhar com os Golfinhos, mas se você está no mar e eles vêm até você não há problemas. O que não pode acontecer é ao avistar os golfinhos ir ao encontro deles (pode ser multado pelo IBAMA).

Na Praia do Porto, todos os dias às 18h (quando a maré está cheia neste horário), os pescadores alimentam Tubarões. Eles se aglomeram na praia e é possível vê-los bem de pertinho.


Mergulho de Batismo

Se você optar por fazer o Mergulho de Batismo, existem três operadoras em Fernando de Noronha que realizam este serviço: Atlantis, Águas Claras e Noronha Divers. As diferenças entre elas são: valores, infra-estrutura e tipo de embarcação.

Os mergulhos normalmente são acompanhados por uma equipe de foto/filmagem, se você tiver com um dinheiro sobrando vale a pena o registro.

O Mergulho de Batismo é o passeio mais caro da Ilha, mas vale muito apena. É uma experiência ÚNICA.

Você também pode alugar uma câmera fotográfica Subaquática no próprio porto antes do embarque, bacana para registrar os momentos em baixo da água e para pessoas que não querem gastar muito contratando o serviço profissional.


Dica:
Quem vai mergulhar com cilindro, NÃO pode consumir bebida alcoólica (só descobri isso no barco). =/

—————————————

Taxi (Vila dos Remédios/Porto): R$ 12,00

Almoço no Bar do Pedro: R$ 19,00 (Comercial + Refrigerante)
Mergulho de Batismo: os preços variam de R$ 230,00 à 280,00
Aluguel de câmera fotográfica Subaquática: R$ 30,00/dia (você pode alugar assim que chegar no porto e só devolver a noite)
Equipe Profissional de Foto: R$ 30,00/foto (você vai ser fotografado sem compromisso e pode comprar as fotos no escritório da empresa no dia seguinte)
Equipe Profissional de Vídeo: R$ 120,00 (vídeo do mergulho + vídeo editado de mergulhos na ilha)

* Para retornar a pousada você pode pegar o translado da operadora de mergulho ou aproveitar o restinho da tarde na praia.

Quarto Dia:

Agora que você já conhece bem a ilha por terra, é chegada a hora de conhecer por água.

Recomendo o passeio de barco, que tem inicio às 8h e término às 13h. Neste passeio você irá conhecer a ilha de ponta a ponta – das Ilhas Secundárias até a ponta da Sapata. E ver os Golfinhos bem de perto, eles acompanham o barco em vários momentos do passeio.



Existem dois tipos de passeio de barco: simples e completo (recomendo). No passeio completo, está incluso almoço e o PlanaSub (você pode contratar separadamente por R$ 65,00). O almoço é servido no próprio barco depois da parada na Praia do Sancho para banho.


Esse passeio é realizado pelos moradores Sérgio e sua esposa Marlene, com os barcos “Trovão dos Mares” ou “Mardamônia”.

Após o passeio você pode aproveitar o restinho da tarde na praia do porto, ou tirar um cochilo para aproveitar a noite na ilha.

Para jantar, recomendo um pulinho até a Soparia da Olinda (em frente ao Parque dos flamboyants – Vila dos Remédios), com apenas R$ 8,00 você toma uma sopa GRANDE acompanhada de pão e café com leite.

Para badalar em Noronha o POINT é o Bar do Cachorro, toca forró, reggae, funk, maracatu, entre outros sons. A noite, é o ponto de encontro de todos na ilha.


Dica:
fique ligado na última bateria do PlanaSub, sempre sobra uma vaguinha e você pode aproveitar o passeio em dobro. =)

—————————————

Translado até o Porto: R$ 0,00 (já incluso no valor do passeio)

Passeio de Barco: R$ 75,00 (simples) | R$ 120,00 (completo – você economiza R$ 50,00)
Soparia da Olinda: R$ 8,00

Quinto e último dia:

Assim como os vôos chegam no período da tarde, eles também partem de Noronha no mesmo horário, logo seu último dia será mais curto, mas da para aproveitar bastante se você se organizar bem.

Acordar cedinho, pegar um taxi e dar um pulinho na praia do cachorro para um último mergulho na ilha. Na praia ainda existe um buraco para saltos, chamado “Buraco do Galego”, com aproximadamente 3 metros de profundidade (cuidado).

É possível fazer Snorkel, ir até o Rugido do Leão (você vai saber do que se trata, após o passeio de barco), visitar a Caverna do Capitão Kid (na maré baixa), ir a Biboca, onde se encontram filhotes de Tubarão Limão. É um verdadeiro aquário! (isso só será possível na baixa estação, onde a mar está mais calmo)

Ao Meio Dia é chegada à hora de voltar a pousada para dar Check-Out e esperar o translado para o aeroporto.

Dica: Aqui você já não vai ter mais dinheiro para gastar, pode acreditar. Go Home! =)

—————————————

DICAS:

1- Visite Fernando de Noronha na baixa estação, o mar está mais calmo e os megulhos são melhores. (esqueça essa dica se você for surfista, as melhores ondas em Noronha são em Dezembro/Janeiro);

2- Se você aceitou a dica de cima, não deixe de visitar também as praias do Meio e Conceição. Na Praia da Conceição, tem um bar bem movimentado, principalmente nas noites de domingo, quando rola um forrozinho (Bar DudaRei);

3- Seu cartão HIPERCARD não tem valor na Ilha, leve CASH e sempre negocie descontos.

* algumas fotos estão na máquina do @brfael, e como o cidadão é um empresário bem sucedido, ele ainda está em Fernando de Noronha. Atualizo o post depois com novas fotos. =)

Rodrigo Dantas

@rodrigodantas

Do que se trata

, , , , ,
 

9 dez de 2010
 

escrito por: em fotografia, Histórias, Viagens


Esse foi um dos dias que mais andei na minha vida, tinha decidido fazer todo o roteiro a pé, foram mais de 10 horas seguidas apenas com um copo de água na barriga de manhã até a noite, mas foi também um dos dias mais proveitosos pra conhecer as entranhas da capital Portenha.
Ver texto completo »

Do que se trata

, , , , ,