quando nem eu mais acreditava… finalmente Buenos Aires.

19 fev de 2010
 

escrito por: em Viagens

Primeiro dia e o bicho já tá pegando.
Pra começar, chego no aeroporto e a receita federal fechada (trouxe o note), vou até e o quiosque de informações e pergunto se posso fazer isso em São Paulo, que é pra onde vou fazer a escala. “Blz” o cara diz, “é em Sampa que você deve fazer, pois o voo daqui é nacional, o internacional é a partir de lá.” Até ai tudo certo, quer dizer, certo mais ou menos, consegui finalmente entrar nesse avião… e penso “POOOOORRAAAAA que emoção do cassete, meses tentando embarcar na bosta deste voo e sempre uma zinca, mas agora foi”.

Embarco tudo direitinho, no horário certinho, a aeromoça me dá o bom dia (o voo foi de 2h25 da manhã), sento na minha cadeira no corredor acento 30K e até então o avião quase vazio, logo penso de novo “eeeita cassete, vou na janela se continuar assim”. Pra que eu pensei isso, começa a entrar gente até pela janela, parecia um jogo do Sport e Santa Cruz no Arruda, mundiçada da porra (a torcida do santa é claro), e um barulho danado e veia rezando e pirraia gritando, mas é nenhuma, eu tava lá pooorraaaa, eu tava na bosta deste avião vindo pra Buenos Aires.

Nisso o tempo vai passando o restante do pessoal entrando, só sobraram as duas vagas ao meu lado e aÍÍ, eis que surgem as duas musas do avião, uma morena cabelos longos e sua amiga loira cabelos longos e lisos, rostinhos afilados, andar sensual, se aproximando cada vez mais e me pede com aquela vozinha: “licença por favor”, AHÁ aqueeele gogó não me enganou, eram 2 travecão, daqueles que seu Fenómeno conhece muito bem. MAAAAS, tem problema não rapaz, eu tava no avião vindo pra Buenos Aires.
Pego meu livro e começo a ler… e a vozinha da aeromoça pra me fazer um cara mais feliz ainda: “a nave está decolando senhores passageiros, por favor apertem os sintos QUEEEE ESSA POOOORRA AGORA VAAAI”, lá do fundo eu grito: “UHUUUUUUU MÔ VÊI, BORA SIMBORA” e o avião vai (fuuuuuu…). Tranquilidade volta a reinar, até a primeira hora, onde ninguém se aguentava mais de sono e se entregam… daí começa a competição, era ronco pra todos os lados e acho que foi combinado, pq fizeram um triângulo perfeito, era 1 na fileira da frente,  na da fileira do lado e 1 na fileira de trás. Ta pensando que eu achei ruim? Nããão,… eu tava nem aí, mas tinham dois amiguinhos do meu lado que começaram rindo, depois foi só os: “vííííxe, que horror”, “amiga assim já tá d+, credo” e eu não sabia de quem ria primeiro, da sinfonia triangular ou da dupla dinâmica.
Eu tava tão zen que continuei lá feroz, lendo meu guia e todo mundo dormindo.
Começa a amanhecer boa parte do povo acorda e fica vendo o céu que realmente tava show mesmo, realmente uma visão incrível, um amarelo meio alaranjado, imagina a cor do céu quando o sol vem chegando daquele jeito que todo mundo fica calado, só observando. Agora imagina ver isso de uma visão “superior”, acima das nuvens, realmente foi impressionante.
Sim, mas aaai, o avião uma hora tinha que chegar né? ta ca porra não.
Eu ansioso pra que chegasse logo e só imaginando que ia ainda ficar 2 horas esperando o voo pra vir pra Buenos Aires. E enfim ele chega, aquela velha palavrinha do Piloto, da aeromoça e pronto (fuuuuuuu…), o voo JJ 3501 chega a seu destino. Todo mundo espera uns 15 min e a porta então abre e todos começam a sair.
Dou minha voltinha pelo aeroporto, vou lá fora também, tiro umas fotos e chega o momento da então esperada, sonhada, torcida, criticada e louca viagem pra cá, a capital da Argentina. Um voo até tranquilo, vim na janela dessa vez e um coroa gringo do lado que roubou meu sinto, mas tudo bem pô, eu já tava vindo. Ouvindo uma musiquinha e lendo meu guia… até que olho pra janela e vejo cada vista que pqp, a do Rio De La Plata, foi foda também (quando tiver com mais tempo eu posto as fotos).
Sim porra, presta atenção ai avião aterriza (fuuuuuu…), chego em solo gringo… pooooooorra depois de todas as zincas, todos os perrengues, todos e todos, cheguei pô.
Com minha IDENTIDADE na mão, o cara da um sorriso e diz: “bien vindo señor”. Eu quase choro pô (conversa), tava doido pra chegar logo. Nisso quando vou fazer o chek-up nas malas, o cara me pergunta que camisa era a que eu tava, repondo prontamente: “SPORT RECIFE do BRASIL” e ele diz que parece com a do flamengo… mas vê mermo que fdp, argentino é tudo igual mermo.
Tudo resolvido, saio do aeroporto e sou abordado por um taxista que queria me trazer pra cá por $160 (pesos), – cada real aqui foi $1,65 – quando o cara falou o valor da corrida, eu disse que tava liso e ia de ônibus. Peguei o da Manoel Tienda León (recomendo), você paga $45, eles te deixam em um terminal. Depois paguei mais $5 e eles  me deixaram aqui no albergue de carro e na porta.
Na verdade eu ia ficar em outro, mas os 2 que fui e tinha pesquisado, estavam lotado. Cheguei nesse as 14h20 (horário daqui é o mesmo de Recife). Esse e chama Avenida Hostel, é meio desorganizado, são vários andares e alguns são quartos únicos, peguei um quarto pra 6 pessoas, mas só tem eu aqui =P (nesse quarto), o bom é que fica próximo a Casa Rosada (residência da Presidente Cristina Kirchner.
Todo mundo do hostel (albergue) fala todos os idiomas, menos o português, ou seja, só me lasco =P.
Mas enfim vamos falar dos passeios. Eu ainda to perdido que nem cego em tiroteio, peguei meu guia salvador botei em baixo do braço, peguei a câmera e fui rodar por Buenos Aires.
Uma coisa é certa, essa cidade es múy linda, a arquitetura mistura o antigo com o moderno, os casarões são de encher os olhos, tirei várias fotos que como já disse vou postar depois. Nesse passeio louco por aqui, eu já me perdi, tomei banho de chuva e ainda estou sem comer… veja só que presepada. tirei um tempinho depois que cheguei do banho de chuva e vim postar aqui as aventuras do meu primeiro dia em Buenos Aires.
Se tiver tempo amanhã eu posto como foi o segundo, que agora estou de saída pra dar umas voltas pelas ruas da capital a noite… VOU BEBEER.
abraço a todos… desculpem os erros, mas esse post foi na lata, escrevendo e colocando.
Hasta Luego

Do que se trata

, ,